Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne)
Início do conteúdo da página

Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne)

Escrito por Administrador | Criado: Segunda, 23 de Julho de 2018, 15h59 | Publicado: Segunda, 23 de Julho de 2018, 15h59 | Última atualização em Segunda, 20 de Agosto de 2018, 14h19

O que é o Napne?

        É o Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas

 

Qual o objetivo do Napne?

 

Regulamento Interno do Napne

Regulamento Interno do Napne

 

Como surgiu o Napne?

A nível de Instituição Federal de Educação Profissional e Tecnológica, durante o período de 2000 a 2011, as atividades da Ação TEC NEP – Educação, Tecnologia e Profissionalização para Pessoas com Necessidades Específicas- voltou-se para discussões sobre a inclusão; processos de permanência e êxito de alunos com deficiência, superdotados e com transtornos globais do desenvolvimento nessas Instituições, estimulando o acesso ao mundo do trabalho e à emancipação econômica e social; promoção de cursos de Formação Inicial e Continuada, Técnicos, Tecnológicos e de pós-graduação para Pessoas com Necessidades Específicas, adequando materiais e procedimentos didático-pedagógicos, quebra de barreiras arquitetônicas, educacionais e de comunicação; formação de recursos humanos; e formação para o uso e o desenvolvimento de tecnologia assistiva. Segundo Nascimento, Florindo e da Silva (2013), essa política de inclusão na rede federal de educação coadunou com a“proposta de educação pública federal que favorece a melhoria das condições de vida de grupos em desvantagem social e que reconhece, na diversidade, uma forma de contribuir para o efetivo exercício de cidadania para todos os segmentos da sociedade” (NASCIMENTO, FLORINDO, DA SILVA, 2013, p. 14).

Mesmo conseguindo vislumbrar êxitos em suas atividades e objetivos, as Ações do TEC NEP foram interrompidas em 2011, quando houve o fim da Coordenação de EPT Inclusiva, na SETEC. Tentou-se dar continuidade às atividades, porém, a proposta inicial foi descontextualizada. Anteriormente a este fato, havia sido criada no TEC NEPuma Gestão compartimentada (central, regionais e estaduais) e os Núcleos de Atendimento as Pessoas com Necessidades Específicas – NAPNEs. Estes últimos dão atualmente continuidade às suas atividades em cada campus dos Institutos Federais espalhados pelo país. Além dos deficientes físicos e visuais, superdotados, os surdos também eram público alvo dessa política. Nascimento, Florindo e da Silva (2013) afirmam que houve inclusive parcerias do TEC NEP com o Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), possibilitando que estudassem em cursos técnicos e tecnológicos de educação profissional. 

 

Equipes dos Napnes

Campus Aracaju

Responsável: Flávia Silva Rocha

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus Socorro

Responsável: Giselle Fernanda Costa de Santana

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus São Cristóvão

Responsável: Ana Cecília Campos Barbosa

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus Estância

Responsável: José Horimo Medeiros dos Santos

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus Lagarto

Responsável: Ana Júlia Costa Chaves Filho

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus Itabaiana

Responsável: Wanderson Roger Azevedo Dias

email:

 

Campus Tobias Barreto

Responsável: Odailde Ferreira Campos dos Santos

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus Glória

Responsável:

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Campus Propriá

Responsável: Graziela Lins Santos

email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Links úteis:

Para conhecer mais sobre educação inclusiva e outros temas afins, acesse também:

ArtigoTERMINOLOGIA SOBRE DEFICIÊNCIA NA ERA DA INCLUSÃO

https://acessibilidade.ufg.br/up/211/o/TERMINOLOGIA_SOBRE_DEFICIENCIA_NA_ERA_DA.pdf?1473203540

 

Artigo: COMO CHAMAR AS PESSOAS QUE TÊM DEFICIÊNCIA?

http://diversa.org.br/artigos/como-chamar-pessoas-que-tem-deficiencia/

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página