Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Aracaju > Data é comemorada com debate sobre os desafios e avanços na luta das mulheres
Início do conteúdo da página
SARAU DELAS

Data é comemorada com debate sobre os desafios e avanços na luta das mulheres

Escrito por MARINEIDE BONFIM BASTOS | Criado: Sexta, 09 de Março de 2018, 08h52 | Publicado: Sexta, 09 de Março de 2018, 08h52 | Última atualização em Sexta, 09 de Março de 2018, 08h55

Objetivo do evento foi envolver os estudantes do ensino médio integrado e toda a comunidade acadêmica na discussão das conquistas e problemas históricos que persistem

DSC 0114 bAs ações em comemoração ao Dia Internacional da Mulher começaram às 8h no Campus Aracaju do Instituto Federal de Sergipe. As atividades gratuitas e abertas ao público se estenderam até o início da noite. O evento, chamado Sarau Delas, foi organizado pela Coordenadoria de Ciências Sociais e Humanas, CCHS, e teve uma programação variada com exibição de curtas, rodas de conversa, palestras, oficinas e atrações culturais promovidas por mulheres da comunidade acadêmica – estudantes e servidoras, além de convidadas externas, que contribuíram para expor os desafios e conquistas das mulheres no cenário brasileiro e sergipano.

A primeira atividade do dia foi a palestra sobre Assédio: Qual o limite?, ministrada pela professora Elza Ferreira Santos (IFS) e mediada pela professora Cristiane Mirtes (IFS), que resultou em um amplo debate sobre o tema. O diretor geral do campus, professor Elber Gama, prestigiou o evento. Das 10h às 11:15, o público participou da oficina de fotografia , na sala 1S, com a fotógrafa Fabiana Silveira Aguiar e da oficina de poesia, na sala 2S, com a professora da Universidade Federal de Sergipe, escritora Christina Ramalho.

Especial 08 de março

NoDSC 0135 b final da manhã, as apresentações musicais aconteceram, no Espaço Leyda Regis, com Carla Suelen e Eva Roxanne , alunas do 3º ano do curso técnico em Edificações e Bárbara Almeida, aluna do curso superior de Engenharia Civil.

O evento teve continuidade no turno da tarde, a partir das 13h, na sala 2S, com a exibição de curtas do coletivo de mulheres do audiovisual de Sergipe, Marta Sales, Juliana Teixeira e Anne Samara. Na mesa de debate, a psicóloga Karen Gomes e a estudante Dani Moura, do 3º ano do curso técnico de Alimentos, atuaram como mediadoras.
Das 15h15 às 16h15, teve roda de conversa com as escritoras Renata de Castro, autora de O Terceiro Quarto, e Lilian Farias, autora de Mulheres que não sabem chorar. A servidora Marcia Fontes (IFS) atuou como mediadora.

As competições de haikai combat e fotografia com celular foram as ultimas atividades e movimentaram o público no Espaço Leyda Regis. Teve premiação para a melhor foto e poesia. O professor Alysson Cristian Rocha Souza, da comissão organizadora , ressalta que o evento teve o objetivo de envolver os estudantes do ensino médio integrado e toda a comunidade acadêmica na discussão sobre os desafios e avanços na luta das mulheres em âmbito local e nacional.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página