Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Aluno do Campus Lagarto apresenta na Hungria análise de dados sobre composição de cerâmicas arqueológicas
Início do conteúdo da página

Aluno do Campus Lagarto apresenta na Hungria análise de dados sobre composição de cerâmicas arqueológicas

Criado: Terça, 10 de Janeiro de 2017, 15h14 | Publicado: Segunda, 18 de Abril de 2016, 09h47 | Última atualização em Terça, 10 de Janeiro de 2017, 15h14

1 Budapeste 15-04-16Sergipe esteve presente na International Conference Radioanalytical and Nuclear Chemistry (RANC 2016), que aconteceu no dia 15 de abril, em Budapeste, na Hungria. Com contribuições estatísticas sobre a composição de cerâmicas arqueológicas, o aluno do Instituto Federal de Sergipe, Michael Santana Reis, acompanhado dos professores doutores José Espínola Júnior e José Osman dos Santos, apresentou um trabalho que está concorrendo à premiação como uma das melhores pesquisas da categoria no evento.

2 Budapeste 15-04-16Além de disputar o prêmio pela qualidade da análise, a participação do aluno e dos professores pode render a proposição de um termo de cooperação técnico-científico com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). "O acordo faz sentido visto que o nosso trabalho está relacionado com o desenvolvimento de aplicações de técnicas para análise estatística de dados, numa perspectiva multivariada, a qual quando aplicada à área de petróleo e gás natural apresenta soluções aos desafios em função do imenso volume de informações obtidas, tanto durante os processos de prospecção e produção quanto também no controle das variáveis ambientais envolvidas", explica Espínola.

A participação em eventos internacionais é incentivada pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão (Propex), que tem à frente a Prof. Dr.ª. Ruth Sales Gama de Andrade. "Cabe ressaltar a experiência singular na trajetória profissional do discente e o estímulo à sua formação cidadã, que é uma das políticas preponderantes desenvolvidas pela Propex no viés da articulação ensino, pesquisa e desenvolvimento tecnológico", avalia. Ela explica ainda que a proposta de internacionalização do IFS tem avançado firmemente nos últimos anos e contribui como vetor de consolidação do Instituto como referencial em educação profissional e tecnológica.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página