Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Ações educativas levam informação para os alunos e incentivam a solidariedade
Início do conteúdo da página
SAÚDE

Ações educativas levam informação para os alunos e incentivam a solidariedade

Escrito por CESAR DE OLIVEIRA SANTOS | Publicado: Quarta, 22 de Agosto de 2018, 15h26

1 Campanha de doação de sangue mobilizou estudantes e servidores Foto César de OliveiraCom o foco em educação em saúde, a Coordenadoria de Saúde Escolar tem buscado estimular na comunidade hábitos de vida saudáveis

Alguns alunos novatos ainda demonstram certo estranhamento quando veem entre os setores que compõem o IFS - Campus Lagarto uma coordenadoria destinada à área da saúde. Essa surpresa se deve a uma concepção muito comum de que saúde e educação são áreas completamente diferentes, ideia que é facilmente desarticulada quando entram em jogo as noções de prevenção e promoção de saúde.

São essas noções que norteiam os trabalhos da Coordenadoria de Saúde Escolar (COSE) do campus, a qual vem investindo em campanhas educativas a fim de prevenir doenças e tornar os alunos multiplicadores do conhecimento que recebem na instituição. “Não se trata de não atender os casos de urgência que chegam até a gente. Fazemos isso diariamente dentro do que cabe ao setor de saúde na escola. A questão é que educação em saúde é nosso eixo prioritário, porque ela tem o potencial de incidir na raiz dos problemas e porque somos uma equipe de saúde escolar”, afirmou Carla Mendonça, enfermeira do setor.

2 Em ação de saúde oral estudantes tiveram demonstração de como escovar corretamente os dentes Foto Arquivo pessoalNas últimas semanas, a comunidade do campus teve mostras dessa perspectiva de atuação. No dia 26 de julho, estudantes de odontologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS) realizaram uma ação educativa acerca da saúde oral sob a coordenação de Aryana Cardona, odontóloga do IFS. Através de dinâmicas e explanações didáticas, a atividade levou para os discentes do campus informações sobre problemas facilmente evitáveis, mas ainda muito comuns, como a cárie e a gengivite. “Essas doenças possuem grande ocorrência não apenas no Brasil, mas em todo o mundo, e, apesar do aumento da oferta de serviços odontológicos em nosso país, ainda são muito recorrentes, a exemplo do alto índice de cárie dentária. É notória, então, a necessidade de ensinar e motivar hábitos de higiene oral, mesmo para aqueles que dizem saber escovar corretamente. É por isso que priorizamos ações educativas e fazemos essas parcerias com a universidade”, destacou a odontóloga.

3 A discente Victória de Santana participou da dinâmica na ação sobre parasitoses intestinais Foto César de OliveiraA atividade mais recente promovida pelo setor, ocorrida no dia 9 de agosto, debateu o tema das parasitoses intestinais. A ação foi coordenada pelo médico da instituição, Virgildásio Conceição, e levou para o campus alunos do curso de medicina da UFS, os quais abordaram as maneiras como os parasitas invadem o organismo humano e como medidas básicas de higiene, como a lavagem correta das mãos, podem evitar isso. “Ações desse tipo devem ser constantes e visar ainda mais à participação dos alunos”, comentou Victória de Santana, estudante do curso técnico integrado em edificações.

Além de formas de promoção de saúde, a equipe da COSE busca desenvolver nos discentes uma visão macro e coletiva do apoio e cuidado com os outros. Exemplo disso foi a campanha de doação de sangue que levou, no dia 7 de agosto, estudantes e servidores para o Centro de Hemoterapia de Sergipe. A ação buscou provocar nos participantes o sentimento de solidariedade, chamando a atenção para a relevância de atos singelos e ao mesmo tempo significativos no trato com a saúde alheia. “Essas ações educativas voltadas para a saúde são muito importantes por vários fatores, como a disseminação de hábitos de vida saudáveis e o estímulo à empatia, como nesse caso da doação de sangue”, concluiu a aluna Victória.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página