Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Estudante obtém ouro estadual em olimpíada latinoamericana de física
Início do conteúdo da página
PREMIAÇÃO

Estudante obtém ouro estadual em olimpíada latinoamericana de física

Escrito por ALEXANDER ACIOLI PALMEIRA | Criado: Quinta, 14 de Março de 2019, 10h18 | Publicado: Quinta, 14 de Março de 2019, 10h18 | Última atualização em Quinta, 14 de Março de 2019, 10h21

alunoAluno receberá premiação no Encontro de Outono da Sociedade Brasileira de Física (EOSBF), que será realizado em maio, em Aracaju

O Instituto Federal de Sergipe – Campus Lagarto passou a contar com um estudante medalhista de ouro. No último dia 9, Denisson Pereira Santos, aluno do oitavo período da licenciatura em física, recebeu o resultado que o colocou no topo, em nível estadual, na Olimpíada Latinoamericana Universitária de Física (OLUF). Ao todo, 106 discentes de 18 instituições brasileiras participaram da competição. A premiação dos vencedores acontecerá no Encontro de Outono da Sociedade Brasileira de Física (EOSBF), que será realizada em maio, em Aracaju.

A importância da conquista do aluno do IFS pode ser mensurada pelos dados. O limite máximo possível de conquistas na competição era de 5 medalhas de ouro, 15 de prata, 22 de bronze e 8 menções honrosas. O Brasil conquistou, no total, 22 premiações dentre as 50 possíveis. De acordo com Denisson, a participação em olimpíadas do conhecimento é estimulada pelos docentes da instituição, aos quais o aluno credita parte do seu mérito na obtenção do resultado.

“Sempre digo que uma das minhas vantagens são os professores. O contato professor-aluno no IFS é muito grande, o que diferente de muitas instituições, nas quais os docentes não interagem tanto com seus alunos”, aponta o jovem, que foi avisado sobre a OLUF durante os estudos para o Exame Unificado de Física (EUF), prova que é requisito para ingresso em cursos de mestrado de instituições brasileiras.

A área acadêmica, inclusive, é o desejo profissional de Denisson. Como forma de obter os conhecimentos necessários para competir com os melhores da área, o estudante lagartense sempre buscou se envolver em projetos de pesquisa e em monitorias. “Em virtude disso, no início deste ano, consegui ser aprovado para participar do curso de verão de física da Universidade de Campinas (Unicamp) ”, revela. O foco do aluno é a aprovação, com bolsa de estudo, em algum programa de pós-graduação com alto conceito na Capes, órgão do MEC responsável por avaliar a qualidade dos cursos.

Consequência

Além de Denisson, que alcançou o topo na competição científica, o aluno Gilvan Santos Ferreira, também do IFS – Campus Lagarto, receberá menção honrosa pela sua participação, no EOSBF, o que representa o alcance de duas das quatro principais posições na olimpíada pela instituição. Apesar dos bons resultados, Paulo Jorge Ribeiro Montes, coordenador da licenciatura em física, explica que não há preparação específica para os exames e que os resultados são fruto do trabalho contínuo realizado no campus.

“Não realizamos eventos (aulas, cursos ou disciplinas) com o objetivo de preparar os estudantes para olimpíadas de conhecimento. Tentamos proporcionar a formação, científica e humanista, para que nossos egressos estejam preparados e consigam atuar como docentes ou seguir seus estudos em programas de pós-graduação”, esclarece o coordenador, que considera os resultados dos estudantes como duplamente importantes: “Ao mesmo tempo que reconhece e estimula os alunos, serve como uma espécie de avaliação do trabalho dos docentes, auxiliando na reavaliação do nosso projeto pedagógico do curso”.

A Olimpíada

A OLUF é organizada pela Sociedade Cubana de Física e pela Faculdade de Física da Universidade de Havana, em Cuba, e conta com apoio de instituições como a Unesco e a Academia de Ciência de Cuba. No Brasil a atividade foi coordenada pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) e pela Sociedade Brasileira de Física (SBF) com o apoio dos professores representantes das 18 instituições participantes. A olimpíada ocorreu simultaneamente em Argentina, Belize, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Guatemala, México e Venezuela.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página