Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Estância > Pronatec – Mulheres Mil do Campus Estância promove integração em Indiaroba
Início do conteúdo da página

Pronatec – Mulheres Mil do Campus Estância promove integração em Indiaroba

Criado: Quinta, 12 de Janeiro de 2017, 10h36 | Publicado: Sexta, 19 de Junho de 2015, 10h48 | Última atualização em Quinta, 12 de Janeiro de 2017, 10h36
Ind banda trasAs alunas do Pronatec - Mulheres Mil no município de Indiaroba, litoral sul do estado, participaram do evento Integração Junina no último dia 12 de junho, no Centro de Convenções do município. O programa é ofertado pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Estância em parceria com a Prefeitura Municipal e funciona de forma descentralizada, com turmas no Centro e nas localidades Colônia Sergipe, Povoado Pontal e Assentamento Sete Brejos.



Ind gino  e RudDe acordo com o coordenador do Pronatec no IFS – Campus Estância, José Rudival Alves Santos, além de promover a integração das turmas de Indiaroba, o evento teve como objetivos oportunizar o entretenimento e a exposição de comidas típicas que fazem parte da realidade das alunas, muitas das quais envolvidas em atividades como a pesca artesanal e turismo. Foram servidas delícias como munguzá, tapioca, milho cozido, bolo de macaxeira, bolo de puba, torta de mangaba e licor.  

“Apesar de residirem no mesmo município e fazerem parte do mesmo programa, a maioria dessas mulheres não se conhecia porque faziam parte turmas geograficamente distantes. A partir da realização do evento e das dinâmicas executadas, essas mulheres, efetivamente, passaram a compor uma grande unidade no Programa Mulheres Mil”, ressaltou Rudival Alves.

Para o diretor do campus, Waldiney Giacomelli, que fez questão de prestigiar a integração junina, momentos de confraternização são fundamentais para estreitar laços, aproximar as pessoas e melhorar o ambiente de aprendizado. “O instituto vai buscar sempre parcerias com as prefeituras para oferecer a essas mulheres a oportunidade de se qualificar e mudar sua condição de vida”, destacou.

ind coordA supervisora das turmas de Indiaroba, Andrea Assunção da Silva, considerou o evento importante por oportunizar a socialização de vivências e saberes adquiridos ao longo do curso. “Foram desenvolvidas dinâmicas e atividades lúdicas cujo objetivo foi estimular o espírito de liderança, coletividade e competitividade entre as alunas. O resultado foi maravilhoso, as mulheres aderiram às atividades de forma muito espontânea e descontraída, proporcionando um clima de diversão e entretenimento”, relatou.

As alunas do programa adoraram a programação festiva e se esmeraram ao máximo no preparo das comidas típicas servidas para os participantes. “Foi maravilhoso poder conhecer as outras colegas do curso e participar de um encontro tão divertido, em que prevaleceu o companheirismo e a união. Tem várias mulheres talentosas, que cozinham muito bem. Estava tudo uma delícia, principalmente a torta de mangaba”, contou Fabiana dos Santos.

Ind quitutesTambém participaram da atividade os responsáveis pelo apoio acadêmico, Marcelo Leite e Andréia Cássia, o professor Robson Cledson de Jesus, que a leciona a disciplina de Comunicação e Expressão Feminina, e a professora Cladinete Dória Mendes, responsável pela disciplina de Saúde, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho. A unidade do Pronatec em Indiaroba oferece atualmente o curso Agente de Informações Turísticas para 100 alunas da sede e dos povoados. As aulas começaram em março e devem ser concluídas entre outubro e novembro deste ano.

Sobre o programa

Ind plateia baixaO programa Mulheres Mil é uma iniciativa do governo federal que atende mulheres desfavorecidas nos campos social, educacional e econômico, residentes em comunidades pobres do Norte e Nordeste do país. O público atendido apresenta, em geral, baixo nível de renda e de alfabetização, dificuldade de aprendizagem, condições de moradia precária, fragilidade da estrutura de apoio familiar e demais condições adversas.

Criado inicialmente em 2008 com o objetivo de aumentar a renda e melhorar a qualidade de vida de trabalhadoras e donas de casa em situação de vulnerabilidade social, o Mulheres Mil foi estendido para todo o país a partir de 2011 e agora integra as ações no âmbito do Pronatec, que oferta os cursos e atua em parceria com as prefeituras. Cabe ao município, o atual demandante, fazer a seleção das alunas e cuidar de toda a parte logística.

registrado em: ,
Assunto(s): Pronatec , Mulheres Mil , Indiaroba
Fim do conteúdo da página