Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Estância > Campus Estância faz passeio histórico-científico pelas pandemias mundiais
Início do conteúdo da página
PROJETOS INTERDISCIPLINARES

Campus Estância faz passeio histórico-científico pelas pandemias mundiais

Criado: Quarta, 30 de Junho de 2021, 10h50 | Publicado: Quarta, 30 de Junho de 2021, 10h50 | Última atualização em Quinta, 01 de Julho de 2021, 09h41

WhatsApp Image 2021 06 30 at 10.39.17Professores realizam aulas conjuntas com diversas disciplinas para abordar temas que contribuam para a formação dos alunos

 Por Carole Ferreira da Cruz

WhatsApp Image 2021 06 30 at 10.42.08As turmas dos cursos técnicos integrados do Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Estância estão radiantes com os Projetos Interdisciplinares 2021. A iniciativa nasceu com o objetivo de realizar aulas conjuntas com as diversas disciplinas para abordar temáticas que contribuam para a formação intelectual e humana dos alunos. Nesta primeira edição, realizada no dia 29 de junho, foram abordadas as pandemias e epidemias que marcaram a história da humanidade.

Com base nesse passeio histórico-científico, os estudantes vão construir uma história em quadrinhos para apresentação em sala de aula. A ideia é a cada bimestre trabalhar um tema diferente com as turmas do 1º e 2º ano. Além dessa atividade interdisciplinar, continuam acontecendo os aulões preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) com os concluintes do 3º ano, previstos para recomeçar em agosto.

“A principal motivação foi encontrar uma maneira na qual pudéssemos realizar atividades com temas que se inter-relacionam nas diversas áreas do conhecimento. O ensino remoto demanda muito do professor e do aluno, por isso realizar esses projetos foi a maneira que encontramos para diminuir essa demanda”, ressaltou o professor Michel Habib Monteiro Kyrillos, coordenador do Núcleo Básico do IFS - Campus Estância. Conexão dos saberes

WhatsApp Image 2021 06 30 at 10.38.16A programação incluiu rodas de conversa e mesas redondas com a participação de professores e convidados. O assistente de aluno do Campus Aracaju, Daniel Venceslau, deu início às atividades com “Uma conversa sobre mangás”, as histórias em quadrinhos japonesas. “Diante de uma realidade de negação da ciência, é de extrema importância reforçar a conexão dos saberes como forma de superação das adversidades. Representar tudo isso através de histórias em quadrinhos é uma grande oportunidade de levar conhecimento para a sociedade de uma maneira dinâmica” ressaltou.

A professora Lorena de Oliveira Souza Campello falou sobre as “Epidemias e pandemias na história da humanidade sob o prisma de fontes históricas”. Já o professor José Horimo Medeiros levantou a discussão sobre “Pandemia, Ciência e Estado. Liberdade ou Segurança?”, enquanto a professora Lidiane Brito Freitas suscitou “Uma reflexão sobre os impactos da pandemia a partir da perspectiva filosófica”.

Professora LidianePara Lidiane, os Projetos Interdisciplinares oportunizam a criação de um espaço de diálogo entre as mais diversas áreas do saber, estimulando a reflexão, a pesquisa e a criatividade. “Propor iniciativas dessa natureza possibilita o ambiente fértil para que os estudantes assumam o papel de protagonistas na construção de um conhecimento crítico, criativo e conectado aos novos tempos. Como professora me senti realizada ao ver nossos jovens participando de momentos preciosos como esse, trilhando um caminho de conhecimento e compartilhamento de experiências para a vida”, destacou.

Carlos CristoOs alunos vibraram com a iniciativa e consideraram tanto a temática quanto a abordagem mais do que oportuna. “Eu gostei muito dos Projetos Interdisciplinares. Eles me abriram novos conhecimentos e entendimentos sobre outros tempos e lugares. O que mais me chamou atenção foi conhecer um pouco mais sobre as outras epidemias que ocorreram no Brasil e no mundo”, afirmou Carlos Manoel Batista Cristo, 15 anos, do curso técnico integrado em Sistemas de Energias Renováveis.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página