Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > São Cristóvão > MEC confere conceito 4 ao Curso Superior em Alimentos do Campus São Cristóvão
Início do conteúdo da página

MEC confere conceito 4 ao Curso Superior em Alimentos do Campus São Cristóvão

Criado: Terça, 10 de Janeiro de 2017, 18h08 | Publicado: Quarta, 14 de Janeiro de 2015, 09h40 | Última atualização em Terça, 10 de Janeiro de 2017, 18h08
iStock 000032868116 MediumAvaliação realizada pelo Ministério da Educação (MEC), no mês de dezembro e divulgada recentemente, concedeu ao Curso Superior de Tecnologia em Alimentos, do Instituto Federal de Sergipe (IFS) -
Campus São Cristóvão, conceito 4 (muito bom), em escala que vai de 1 a 5. O processo apreciou aspectos como ensino, pesquisa, extensão, corpo docente e infraestrutura da unidade.
 
Liamara Perim, diretora de ensino do campus, aponta a relevância do parecer do órgão acerca do padrão educacional aplicado na instituição. "O conceito 4, recebido pela avaliação do MEC, garante o reconhecimento do curso pela sua qualidade. Este resultado reflete a dedicação e compromisso da equipe que diariamente contribui para que o curso aconteça, tendo sempre como prioridade nossos estudantes", enfatiza.
 
A gestora compartilha com o grupo o êxito conquistado. "Temos uma equipe muito bem engajada, direcionada pelos professores, apoiada pelos técnicos administrativos e colaboradores que dão suporte para o funcionamento dos setores e manutenção das aulas práticas", destaca.
Com foco na excelência, o Curso de Tecnologia em Alimentos pretende consolidar e ampliar as condições para cumprir as crescentes exigências educacionais e de mercado. "O resultado alcançado demonstra que os esforços estão sendo direcionados no caminho certo. Sabemos que ainda há muito a ser feito. As fragilidades apontadas pela comissão de avaliadores contribuirão para melhorias do curso, pois ajudam a fortalecer a busca constante pelo melhor no ensino, pesquisa e extensão para todos os alunos do IFS", explica Emanuele Amorim, coordenadora do curso.

Os primeiros tecnólogos em alimentos do Campus São Cristóvão serão inseridos no mercado em 2015. Segundo Emanuele, a avaliação emerge como agente motivacional para os estudantes e servidores.
 
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página