Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Glória > IFS Campus Glória inicia turma do Curso de Extensão em Libras
Início do conteúdo da página

IFS Campus Glória inicia turma do Curso de Extensão em Libras

Criado: Quarta, 11 de Janeiro de 2017, 18h07 | Publicado: Segunda, 07 de Março de 2016, 17h16 | Última atualização em Quarta, 11 de Janeiro de 2017, 18h07

Turma de LibrasNo último dia 22, o IFS/Campus Glória deu início a segunda turma do Curso de Extensão em Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, a qual fora formada por 10 candidatos advindos da comunidade interna e 30 da comunidade externa, especialmente, professores do município e estado que atuam no alto sertão sergipano.


A procura pelo curso gerou uma longa lista de excedentes, reafirmando a importância e a necessidade de outras ofertas dessa natureza, como indica Elson Emanuel M. Sousa, aluno do 2º semestre do Curso Técnico Integrado em Agropecuária e da 2ª turma do Curso de Extensão em LIBRAS: “Fico muito feliz em ter a oportunidade de fazer um curso como esse ... Espero me tornar uma pessoa mais inclusiva. Que esse curso possa se tornar freqüente, porque assim mais pessoas terão essa oportunidade”.

O referido curso é fruto de uma ação do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas - NAPNE do Campus Glória, que com o apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão - PROPEX - e a parceria da professora mestranda Iranilde Rocha, encontrou no projeto “LIBRAS: o encanto das mãos” o caminho para iniciar a capacitação da comunidade interna e externa para o exercício de práticas inclusivas e o atendimento de necessidades educacionais e demandas regionais.

Com essa segunda oferta, a professora ministrante, professora Iranilde Rocha, espera contribuir com a difusão da LIBRAS e viabilizar a integração e a inclusão social. Já a equipe multidisciplinar do NAPNE se sente ainda mais motivada a buscar novas estratégias para continuar promovendo a cultura da educação para a convivência, o respeito às diferenças e a quebra de barreiras arquitetônicas, educacionais e atitudinais na instituição e no espaço social mais amplo.
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página