Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Socorro > Projeto 'Conversando Sobre’ aborda Alfabetização Informacional
Início do conteúdo da página
DEBATE

Projeto 'Conversando Sobre’ aborda Alfabetização Informacional

Escrito por PABLO BOAVENTURA SALES PAIXAO | Publicado: Quinta, 14 de Setembro de 2017, 11h17

O Projeto é destinado à realização de rodas de conversas sobre temas que estimulem a reflexão dos estudantes

Conversando sobre Alfabetização Informacional 02 800 600As constantes inovações científicas, principalmente nas áreas relacionadas às Tecnologias da Informação (TI), a exemplo do curso de Manutenção e Suporte em Informática, tem acarretado a necessidade de que os estudantes sejam empoderados no tocante a competências analíticas e informacionais para buscar e usufruir das potencialidades do acesso a informações disponíveis na internet, através de suas bibliotecas digitais, revistas científicas e demais espaços que disponibilizam informações úteis para o processo de aprendizagem dos jovens estudantes.

É com foco na formação integral dos estudantes de Socorro que foi criado o projeto 'Conversando Sobre’, destinado à realização de rodas de conversas sobre temas que estimulem a reflexão e auxiliem na formação cidadã dos estudantes. O Projeto foi concebido pela Coordenação de Assuntos Estudantis (CAE) e Assessoria Pedagógica (ASPED) do Campus Socorro, mas conta com participação de todos os profissionais do campus, haja vista se tratar de um projeto intersetorial. A intersetorialidade é importante porque cada profissional, em sua área de atuação, traz importantes contribuições para a visão holística que se pretende com a educação técnica ofertada pelo IFS.

Para iniciar as ações do ‘Conversando Sobre” foram realizadas na última quarta-feira, 13, duas rodas de conversas, uma com os estudantes da manhã e outra com os da tarde, sobre o tema ‘Alfabetização Informacional’. Trata-se de um conceito atual, que está relacionada à necessidade de capacitar os jovens para acessar, avaliar e, principalmente, utilizar e comunicar as informações pesquisadas durante o seu processo de aprendizagem. O conceito tradicional de Alfabetização, relacionado à capacidade de ler, escrever e compreender o que leu, centrado no livro impresso, já não é mais suficiente para uma aprendizagem autônoma no século XXI.

Além dos conhecimentos específicos disponíveis nas disciplinas que compõem a matriz curricular do curso técnico ofertado pelo campus Socorro, também são imprescindíveis a existência de ações interdisciplinares para a promoção de espaços que fomentem o senso crítico dos estudantes do campus. As ações devem buscar materializar a missão do IFS, que preconiza a oferta de “educação profissional, científica e tecnológica de qualidade, em diferentes níveis e modalidades, através da articulação entre ensino, extensão, pesquisa e inovação para formação integral dos cidadãos capazes de impulsionar o desenvolvimento socioeconômico e cultural”.

Conversando sobre Alfabetização Informacional 800 600O psicólogo Thiago Siqueira, um dos idealizadores do Projeto, ressalta que iniciar o ‘Conversando Sobre’ com a temática da ‘Alfabetização Informacional’ foi importante para apresentar aos estudantes as potencialidades e, principalmente, os desafios que a informação digital traz para a aprendizagem. “O Projeto busca proporcionar um espaço para debate de ideias e práticas sobre temas transversais que atravessam o cotidiano escolar”, disse Thiago.

“Antes das tecnologias digitais existia uma escassez de informação, haja vista a quase exclusividade do suporte impresso, notadamente o livro impresso como fonte principal do acesso ao conhecimento. A internet tem promovido uma explosão informacional. Agora temos informação demais e o desafio é que os estudantes saibam como selecionar as informações que são pesquisadas. O IFS tem um papel fundamental no desenvolvimento de competências relacionadas à aprendizagem autônoma no tocante à informação técnica”, ressaltou Pablo Boaventura, relações públicas do campus Socorro e facilitador da roda de conversas sobre Alfabetização Informacional.

Para o professor Alberto Aciole Bomfim, diretor geral do campus Socorro, a congregação entre os setores têm trazido ganhos qualitativos para o início das atividades da mais nova unidade do IFS. “Fico muito satisfeito em perceber o compromisso que os servidores do campus Socorro têm com os nossos estudantes. Estamos planejando inúmeras ações voltadas para a oferta de uma educação pública de excelência para a comunidade socorrense. A nossa meta é aprimorar constantemente os serviços prestados, por meio de ações intersetoriais”, finalizou o diretor geral.

Próximas ações do Projeto

Já estão planejadas para o semestre rodas de conversas sobre:

  • Cyberbullying, que é uma prática que envolve o uso de tecnologias para sistematicamente causar algum tipo de comportamento hostil contra um indivíduo ou grupo com a intenção de prejudicar o outro.

  • Dependência Tecnológica, que está relacionada ao uso abusivo das tecnologias, com implicações sociais, psicológicas e educacionais. 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página