Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Prevenção e diagnóstico precoce foram destaques nas palestras
Início do conteúdo da página
CÂNCER DE MAMA

Prevenção e diagnóstico precoce foram destaques nas palestras

Escrito por MARIA DO SOCORRO LIMA | Criado: Segunda, 23 de Outubro de 2017, 15h20 | Publicado: Segunda, 23 de Outubro de 2017, 15h20 | Última atualização em Terça, 24 de Outubro de 2017, 08h50

A realização do autoexame, alimentação equilibrada, consultas médicas periódicas e realização dos exames de mamografia foram temas abordados como cuidados fundamentais na prevenção do câncer de mama pela equipe de saúde do campus Aracaju

O “Outubro Rosa: prevenção do câncer de mama” foi o tema central de palestras realizadas, nos dias 16 e 19, no Pavilhão Leyda Regis (refeitório), destinadas a alunos e servidores do Instituto Federal de Sergipe.

OUTUBRO ROSA 0395 b 800x600O evento foi dividido em 3 palestras promovidas pela equipe da Coordenadoria de Saúde Escolar (Cose), as médicas Jussane Oliveira Vieira e Larissa Paes Leme Galvão, as enfermeiras Luciana Rolemberg Farias e Luciana Cardoso Dias, e a coordenadora do setor Ivanilde Santana de Oliveira.

Proferidas pela médica, especialista e mestre em Mastologia, Jussane Oliveira Vieira, a abordagem do tema num mês especial como o de outubro, teve como objetivo central aprofundar o assunto em aspectos diversos e importantes para que as mulheres ampliassem as informações necessárias na prevenção do câncer de mama.

Fatores de risco que podem provocar a doença, a importância da detecção precoce, conhecimento dos sintomas mais comuns, medidas preventivas, como autoexame, consultas médicas para realização de exames de mamografia, constituíram-se em destaques na abordagem dada às palestras. Para a mastologista Jussane Vieira, tratam-se de questões cruciais, com vistas a prevenir e combater o câncer de mama.

Ações como "promover a conscientização quanto ao controle do câncer de mama, reforçar a importância sobre o diagnóstico precoce,OUTUBRO ROSA 0406 b 800x600 quebrar mitos e tabus em relação ao câncer de mama, abordar sobre a importância da boa alimentação, prática de atividade física e, discorrer sobre fatores de risco, como obesidade, ingestão de alcool e tabagismo, fazem parte de práticas fundamentais na luta contra a doença”, destacou a médica Jussane Vieira, que elencou, ainda, a necessidade de se adotar as medidas preventivas no dia a dia, a fim de que a prevenção aconteça com êxito.

O movimento Outubro Rosa integra uma campanha internacional, criada em congresso nos Estados Unidos, em 1990.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil registra uma média de 57 mil casos novos de câncer de mama e um dos principais motivos é ainda a falta de conscientização da sociedade, bem como a falha de políticas públicas de saúde, além do diagnóstico tardio sobre a doença.

OUTUBRO ROSA 0380 b 800x600Nas palestras, a conscientização das pessoas sobre a importância da prevenção do câncer de mama foi enfatizada, uma vez que nos casos em que a doença é descoberta de forma precoce há uma grande chance de cura. Foi destacado também que o câncer de mama não acomete apenas as mulheres, mas também os homens, embora, a incidência de casos seja maior no sexo feminino. Acesse aqui a Cartilha câncer de mama: vamos falar disso, produzida pelo Inca, a fim de saber mais sobre o assunto.

Com informações do Inca.

registrado em:
Fim do conteúdo da página