Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Confira os principais fatos que marcaram o IFS em 2020
Início do conteúdo da página
RETROSPECTIVA

Confira os principais fatos que marcaram o IFS em 2020

Criado: Quarta, 30 de Dezembro de 2020, 16h18 | Publicado: Quarta, 30 de Dezembro de 2020, 16h18 | Última atualização em Terça, 05 de Janeiro de 2021, 10h31

Do ensino presencial ao ensino remoto: mesmo com a pandemia, Instituto deu continuidade às suas ações e finaliza 2020 com sentimento de dever cumprido

Por: Monique de Sá

capa ifsO ano de 2020 foi marcado pela superação de desafios e principalmente pela sua atipicidade. A pandemia de Covid-19 pegou a todos de surpresa e o mundo deparou-se com uma nova realidade. Com o isolamento social, como forma de prevenção e combate à doença, as escolas foram adaptadas com uma nova versão de ensino: emergencial e remota. No Instituto Federal de Sergipe (IFS) não foi diferente.

Com a suspensão do calendário acadêmico, equipes de trabalho de toda a instituição se reinventaram e se reorganizaram em prol de uma causa maior: dar continuidade às aulas. Alguns meses se passaram e os discentes, munidos de tablets e conexão móvel, puderam ter acesso a novas formas de conhecimento. No entanto, 2020 não foi apenas marcado por essa questão. A comunidade, mesmo que de uma forma virtual, deu continuidade às suas ações de ensino, pesquisa, extensão e também administrativas.

Como forma de fazer uma seleção dos principais acontecimentos que marcaram o IFS neste ano, a equipe de reportagem da instituição lança a retrospectiva 2020. Logicamente não foi possível tratar de todos os fatos, mas foram selecionados os principais e, você, é nosso convidado para conferir!

Janeiro

janeiroO ano de 2020 do IFS começou com o tradicional Encontro Pedagógico, que marca o início do período letivo da instituição, sendo realizado nos dias 27 e 28 de janeiro. Tendo como intuito discutir os desafios e perspectivas da inovação educativa em avaliação no processo ensino-aprendizagem, nesta edição o evento abordou questões relativas às transformações mundiais em decorrência do avanço das tecnologias. Mais de 400 profissionais da educação assistiram a palestras e refletiram sobre assuntos relevantes sobre a temática. Logo após o Encontro, cada campus do IFS realizou a sua Jornada Pedagógica, entre os dias 29 e 31 de janeiro.

Fevereiro

fevereiroFevereiro foi o início do ano letivo para mais de 7 mil estudantes do IFS. Entre calouros e veteranos, os alunos, ainda presencialmente, foram recebidos nos nove campi da instituição, que estão espalhados pelo estado sergipano. Com uma estrutura física e material, o IFS conta com saladas de aula equipadas, laboratórios, bibliotecas, quadras e auditórios. Cada campus recebeu seus alunos com atividades de acolhimento, com palestras, seminários e ações integradoras. Fevereiro também foi o mês de inauguração do prédio permanente do Campus Tobias Barreto, orçado em R$ 5 milhões.

Março

marçoO mês de março tem início com a realização pelo IFS Estância de um projeto voltado para a preparação de alunos da rede pública para redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A iniciativa trata-se de um projeto de extensão chamado “Oficinas de Linguagens”. No mesmo mês, devido à pandemia de Coronavírus, de impacto mundial, foram suspensas as aulas na instituição. O momento era de solidariedade, por isso o Instituto produziu, através do seu Laboratório de Inovação, equipamentos de proteção individual (EPIs), que foram doados a hospitais e unidades de saúde do estado.

Abril

abrilAbril foi bastante movimentado para a comunidade do instituto. Mesmo de forma remota, foram promovidas atividades de aproximação com o público, como a realização de lives, através do Instagram. Além disso, por meio de um edital da Pró-reitoria de Pesquisa e Extensão (Propex), o IFS investiu R$ 300 mil em projetos da comunidade para enfrentamento da emergência de saúde pública. Outro marco, foi a concessão de um Auxílio Emergencial de Inclusão Digital para estudantes vulneráveis sem acesso à Internet. Tendo um olhar diferenciado também para sua comunidade externa, o Instituto distribuiu milhares de produtos sanitizantes, como forma de combate à covid-19.

Maio

maioInúmeras ações abrangeram servidores e alunos do IFS durante o mês de maio. As ações envolveram desde o lançamento de um edital para seleção de estudantes para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica à Docência (Pibid) à produção de esterilizadores à base de lâmpadas UV-C, utilizados para esterilização de pisos de hospitais com casos de coronavírus. O destaque também vai para a campanha de arrecadação de alimentos “Quem tem fome, tem pressa”, que através de um trabalho voluntário de professores do IFS, levou alimentos e produtos de higiene para casas de apoio em Sergipe. O espírito de fraternidade não parou por aí, afinal foi neste período que o Instituto lançou edital pra compra de alimentos da agricultura familiar em prol de alunos que estivessem em situação de vulnerabilidade social. Este também foi o mês de celebração dos 25 anos do Campus Lagarto.

Junho

junhoE no mês junino, os tradicionais festejos não poderiam passar em branco! Seguindo as recomendações de distanciamento social, o IFS realizou uma live solidária com a banda Xote Baião. Além dela, outras foram realizadas, todas com o intuito de arrecadar recursos para alunos inseridos nos Programas da Assistência Estudantil. Junho é o mês também de celebrar o meio ambiente. Assim, o Campus São Cristóvão realizou o plantio de mudas ornamentais e frutíferas dentro da unidade de ensino. Chama atenção para o mês a parceria firmada entre o IFS e o projeto Cuid4r para a confecção de máscaras respiratórias para o tratamento de pacientes com covid-19.

Julho

JulhoJulho teve início com uma ótima notícia vinda do Campus Aracaju: cinco alunos do curso técnico integrado em Química foram premiados na 1ª edição da Feira Brasileira Jovens Cientistas, conquistando o 2º e 3º lugares na categoria Excelência em Inovação do Innovalab. O mês também foi para comemorar a posição do IFS no ranking do Enem 2019, que colocou a instituição entre as melhores escolas públicas sergipanas. A entrega de cestas básicas a estudantes e de máscaras respiratórias a instituições de saúde foram algumas das iniciativas de relevância neste período, que ficou marcado também pela regulamentação do ensino remoto emergencial e pela campanha promovida pelo Programa Bem Me Quer de apoio emocional a servidores durante a pandemia.

Agosto

agostoDepois de cinco meses com o calendário acadêmico suspenso, o IFS dá início a seu ensino remoto no Campus Itabaiana. As aulas retornaram após uma semana de atividades de acolhimento e ambientação, com rodas de conversa e minicursos. As expectativas dos estudantes eram grandes em torno deste recomeço. No Campus Socorro, é lançado um Clube de leitura On-line, uma iniciativa da equipe pedagógica e que visa minimizar os prejuízos causados pela suspensão das atividades. O momento também foi de lançamento do plano de contingência de enfrentamento à covid-19. Além disso, foram aprovados 63 alunos da instituição na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC).

Setembro

setembroCom o início do ensino remoto, setembro foi o mês de abertura de inscrição para o processo seletivo de empréstimo dos tablets educacionais. A seleção só foi possível devido à ação articulada de equipes de trabalho do IFS, que atuaram de maneira incansável na celeridade do processo de inclusão digital. Setembro também teve como destaque a abertura das inscrições para o maior festival de música estudantil do estado, o IFSTAR 2020. O mês de prevenção e alerta para o suicídio também foi lembrado com a realização de palestras e rodas de conversa on-line. Através de uma parceria com instituições de ensino portuguesas, o Instituto veio ampliando o diálogo para implantação dos Programas de Dupla Titulação. No mês que dá início à estação mais florida do ano, o Campus Glória promoveu lives no YouTube, através do projeto Sextas Culturais.

Outubro

OutubroA ansiedade para quem estava esperando um processo seletivo do IFS terminou em outubro, afinal a instituição lançou um edital para abertura de vagas para cursos subsequentes e superiores. Pela primeira vez, o IFS trabalhou com uma comissão para análise de heteroidentificação. Um evento que movimentou a comunidade foi a realização da 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que este ano teve como tema “Inteligência Artificial”. O IFS também foi destaque na realização de uma capacitação sobre Ciência de Dados para servidores do Colégio Pedro II e no ótimo desempenho de discentes dos Campi Aracaju e Estância na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). No Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), a instituição garantiu nota 4 em seus cursos de Engenharia Civil.

Novembro

novembroNem mesmo com a aproximação do final de ano, o IFS não “perdeu o fôlego” na realização de suas atividades. Novembro foi um mês em que Pedagogos e Técnicos em Assuntos Educacionais puderam se inscrever em um evento específico para este público: a 2ª edição do Encontro Regional de TAE’s e Pedagogos. Na Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais (OMIF), o Instituto Federal de Sergipe saiu na frente e alcançou medalha de ouro na competição. Novembro foi marcado pela celebração dos seis anos dos campi Tobias Barreto e Propriá. As duas unidades fazem parte de uma política de interiorização do ensino público federal. Também conhecido como mês da Consciência Negra, novembro trouxe atividades voltadas para a causa com a realização de eventos on-line multicampi.

Dezembro

dezembroEncerrando o ano em grande estilo, o IFS comemorou, em dezembro, a obtenção de sete medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). O público também pôde conferir os finalistas do festival de música estudantil promovido pela instituição, o IFSTAR, que este ano teve transmissão pela TV Atalaia e premiou quatro participantes. Em Tobias Barreto, aconteceu o tradicional festival de talentos estudantil, o TobFest3. Outra novidade bastante celebrada pela comunidade foi o início da montagem estrutural de 22 usinas fotovoltaicas nos campi. O público também foi presentado com mais uma edição do Encontro Coral de Música Sacra Brasileira, realizado pelo Coral do Instituto. Por fim, a expectativa de milhares de alunos sergipanos do ensino fundamental foi atendida com a abertura das inscrições do Processo Seletivo 2021.1 para cursos técnicos integrados.

 

 

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página