Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Membros do Conselho Superior do IFS são empossados para biênio 2022-2023
Início do conteúdo da página
CONSUP

Membros do Conselho Superior do IFS são empossados para biênio 2022-2023

Criado: Segunda, 24 de Janeiro de 2022, 10h30 | Publicado: Segunda, 24 de Janeiro de 2022, 10h30 | Última atualização em Segunda, 24 de Janeiro de 2022, 11h37

A posse foi transmitida pelo youtube e divulgou os eleitos representantes de quatro categorias

Consup PosseOcorreu na manhã da última sexta-feira, 21, a live de posse dos conselheiros que integrarão o Consup (Conselho Superior do IFS) no biênio 2022-2023. Foram eleitos representantes de quatro categorias: docentes, técnicos administrativos, discentes e egressos.

O Conselho Superior é o órgão máximo do Instituto Federal de Sergipe, tendo como uma das suas competências aprovar as diretrizes para atuação do IFS e zelar pela execução de sua política educacional.

A live de posse foi transmitida pelo youtube e contou com a participação da reitora Ruth Sales Gama de Andrade e do pró-reitor de Ensino, Alysson Barreto, além da colaboração dos conselheiros eleitos, do representante do colégio dirigente, José Osman dos Santos e da secretária Jacqueline Cavalcanti.

“Nós somos o conselho que tem essa formação diferenciada, na verdade, é o único [Conselho] do país. Isto ocorreu porque há um tempo o professor Mauro questionou no Ministério Público a formatação para composição do Conselho Superior. E desta forma, o Ministério Público entendeu que o questionamento do professor Mauro estava correto. E determinou um termo de ajuste de conduta - o TAC. E nós somos hoje obrigados a seguir o TAC. Nós temos, desta forma, o Conselho Superior, o Comitê de Ética de Pesquisa e o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, onde somos obrigados a ter na composição, o mínimo de 70% de docentes”, afirmou a reitora.

O conselho é composto por um docente de cada campus; dois técnicos administrativos; um egresso; um discente; um colega da comunidade, sendo representado pela titular professora Helenice Leite Garcia e pela suplente professora Elisângela de Andrade Passos (ambas do Departamento de Engenharia Química da UFS); e um conselheiro do MEC (Ministério da Educação), representado pelo professor Carlos Guedes de Lacerda (reitor do IFAL) e pelo suplente professor Aécio José Araújo Passos Duarte.

“Um Conselho importante, fundamental, que aprova as diretrizes para a atuação do Instituto Federal de Sergipe, que vai discutir sobre o plano de desenvolvimento institucional, falando sobre orçamento, a criação, a operação e a questão de cursos”, afirmou o representante do MEC, Carlos Guedes.

A votação para a escolha dos novos representantes foi realizada de forma virtual, na plataforma heliosvoting.org. O voto foi facultativo, direto, secreto e por chapa e a apuração dos votos foi realizada no mesmo dia da eleição, por meio do sistema incorporado à solução do Helios Voting.

Foram escolhidos nove titulares e nove suplentes para representar os docentes; dois titulares e dois suplentes para representar os técnicos administrativos; um titular e um suplente dos alunos do IFS, além de um titular e um suplente para representar os egressos.

O docente representante do campus Lagarto, Silvio Santos (COPEX do campus Lagarto), comentou sobre o seu objetivo como membro do Conselho. “No CONSUP terei a responsabilidade de representar os docentes, em especial os do meu campus, me posicionando quanto a diversos temas do nosso instituto com ética e transparência. Por termos conseguido uma votação expressiva no nosso campus (44 votos) entendemos que a nossa proposta de estar próximo à comunidade para a tomada de decisões, foi entendida e aceita”.

Em relação a importância do título de conselheiro do CONSUP, Arthur Leonardo, eleito na categoria técnico administrativo em educação, expressou: “Pelo fato do CONSUP ter caráter consultivo e deliberativo, e ainda ser a instância máxima do IFS, deliberando sobre as diretrizes de atuação do órgão, representar os TAE’s é uma tarefa que traz grande responsabilidade tanto com a instituição quanto com os colegas. Isso demanda muita atenção, cuidado e estudo das pautas a serem debatidas”.

Arthur ainda comentou sobre os seus objetivos dentro do órgão: “Nosso principal objetivo é aproximar os TAE’s aos debates que acontecem no CONSUP, sobretudo nas medidas que os afetam diretamente, levando seus pensamentos e anseios, e procurando fazer com que sintam que sua voz está sendo representada”.

O representante eleito na categoria “discente”, Kauan dos Santos, manifestou-se dizendo que espera representar bastante a comunidade acadêmica do instituto e o eleito na categoria “egresso”, Manoel Antônio, elogiou o órgão. “A gente vê um Conselho Superior com autonomia, com bastante liberdade, no qual essa reitora, de forma tranquila, de forma serena, vem conduzindo. Tanto o Instituto Federal de Sergipe quanto o Conselho Superior na sua presidência deixam todos os conselheiros bastante à vontade, construindo as leis e tudo o que for possível para o IFS se fortalecer e para a comunidade”, expressou.

A reitora Ruth Sales finalizou a transmissão de posse agradecendo a participação de todos e desejando as boas-vindas. “Como vocês já viram, a demanda é muito grande, mas juntos faremos um excelente trabalho”, finalizou.

Confira o resultado completo da eleição acessando o link abaixo: http://www.ifs.edu.br/images/1Documentos/2022/1-Janeiro/Homologa%C3%A7%C3%A3o_da_elei%C3%A7%C3%A3o.pdf

registrado em:
Fim do conteúdo da página