Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sobre o campus
Início do conteúdo da página

Sobre o campus

Escrito por Administrador | Publicado: Quarta, 04 de Janeiro de 2017, 16h04 | Última atualização em Quinta, 16 de Março de 2017, 11h20

A história do ensino técnico federal no país começou em 1909, quando foram criadas 19 escolas de Aprendizes e Artífices. Eram instituições destinadas ao ensino profissional, voltadas prioritariamente à educação das classes mais pobres. Em 1937, foram criados os Liceus Profissionais, em 1949, as Escolas Industriais e Técnicas e, 10 anos depois, as Escolas Técnicas. Todas elas instituições públicas, voltadas ao ensino técnico e profissionalizante.

No final dos anos 70, época em que o país passava por profundas mudanças econômicas e sociais, as escolas técnicas se transformaram nos Centros Federais de Educação Profissional e Tecnológica, os Cefets, que procuravam se adequar às exigências da nova realidade social.

Até o ano de 2002, eram 140 instituições que ofereciam ensino técnico no Brasil. A partir de 2010, no entanto, o Ministério da Educação colocou em prática o Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional. Em 2012 já são mais de 354 unidades, que possibilitam a 500.000 alunos terem acesso à Educação Profissional.

No ano de 2008, o governo federal aprovou a lei 11.892/2008, que instituiu a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no país e criou os 38 Institutos Federais que existem em nosso território. Segundo a nova lei, os Cefets, as Escolas Agrotécnicas e as Escolas Técnicas passam a formar os Institutos Federais, instituições de educação especializadas em oferecer educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino. As instituições estão presentes em todos os estados da federação, oferecendo ensino médio integrado ao ensino técnico, cursos técnicos, cursos superiores de tecnologia, licenciaturas e pós-graduação.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página