Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Aracaju > Estudante conta experiência de exercer mandato em Brasília
Início do conteúdo da página
JOVEM PARLAMENTAR

Estudante conta experiência de exercer mandato em Brasília

Escrito por MARINEIDE BONFIM BASTOS | Criado: Quarta, 18 de Outubro de 2017, 10h10 | Publicado: Quarta, 18 de Outubro de 2017, 10h10 | Última atualização em Quarta, 18 de Outubro de 2017, 12h19

Links relacionados:

Com 17 anos, representante de Sergipe diz que simulação parlamentar foi uma fonte de aprendizagem

parlamento jovem 6Após uma semana de atuação como jovem parlamentar, vaga conquistada por meio de um concurso nacional promovido anualmente pela Câmara dos Deputados, Aléxia das Graças Paixão Carvalho conta como a participação no programa Parlamento Jovem Brasileiro abriu caminho para seu engajamento em movimentos e causas que beneficiem a população.

Aluna do 3 º ano do curso técnico em Química do Campus Aracaju, Aléxia, nos cinco dias que esteve em Brasília, entre os dias 25 a 29 de setembro, discutiu política com outros 77 jovens parlamentares, foi líder de bancada e presidiu os trabalhos da Comissão da Agricultura e Meio Ambiente.

parlamento jovem 3Confira a entrevista:

 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - Como foi vivenciar o dia a dia de um parlamentar?
ALÉXIA DAS GRAÇAS - O PJB veio pra me fortalecer, pra me fazer confiante e me preparar pra vida e pra outras jornadas que ainda enfrento mais adiante , me trouxe amigos com quem tive a oportunidade de compartilhar informação, discutir política, reconhecer minha ideologia política , ser jovem e até mesmo melhorar os argumentos na hora das discussões . Hoje, posso dizer que existe uma Aléxia antes e depois do PJB, e a mudança é evolutiva a cada dia.

ASCOM - Então você viveu uma vida política intensa em Brasília?
parlamento jovem 10ALÉXIA - Sim, a cada dia eram novos desafios, exigia o máximo de atenção a cada palavra dita, a cada ação que deveria ser efetuada. Na simulação, vivenciamos o dia a dia de um parlamentar em todos os aspectos da criação de partidos políticos até sermos chamados de excelentíssimos.

ASCOM - Foi preparada para esse momento, antes da posse como deputada?
ALÉXIA - Antes da posse, na segunda-feira, os jovens foram divididos em grupos, de acordo com o resultado do formulário respondido sobre ideologia política no curso EAD do parlamento jovem brasileiro. Os partidos precisavam escolher os principais pontos que eles iriam defender nos próximos dias dentro das comissões.

ASCOM - Em seu discurso de posse, quais pontos foram destacados?
ALÉXIA - Fui eleita líder de partido (Partido Progressista Jovem), e nossos pontos destacados foram: Educação, Meio ambiente, Anti-radicalismo, Saúde e Direitos Humanos.
parlamento jovem 8Um de nossos lemas principais foi: “A educação é a base para todas as diretrizes sociais”.

ASCOM - O que faz um deputado federal? A atividade parlamentar não se resume à presença em plenário ou nas comissões não é mesmo?
ALÉXIA - O dever dos deputados federais é exercer atividades que viabilizam a realização dos anseios da população, mediante discussão e aprovação de propostas referentes às áreas econômicas e sociais, como educação, saúde, transporte, habitação, entre outras.

ASCOM- Você foi líder de bancada. Isso exigiu muita atuação e articulação?
ALÉXIA - Sim, foi necessário muita atenção, articulação, responsabilidade e dedicação. O líder tem como principal papel defender os projetos de maior interesse para o partido e que proporcione benefícios no âmbito sempre do coletivo. O bem-estar da população está acima de qualquer outro interesse.

ASCOM - Você chegou a presidir os trabalhos da Comissão da Agricultura e Meio Ambiente, você esperava essa indicação?
ALÉXIA - Não, quando eu fui eleita líder de partido, deixei bem claro que não tinha interesse na mesa diretora e muito menos em ser presidente de comissão, permitindo assim a participação dos demais interessados e que não tiveram a oportunidade de serem líderes, vice-líderes ou membros de mesa diretora.
Foi um acaso, todos os membros da comissão eram jovens de 17 anos, mas eu era a mais velha em relação ao mês de nascimento.

"A educação é a base para todas as diretrizes sociais"

ASCOM – Quais foram os desafios e dificuldades para legislar?
ALÉXIA - As articulações são a parte mais difícil do processo, pois há muitas divergências entre as ideologias, no entanto, no PJB participaram jovens que detinham uma representatividade do povo muito forte, fazendo com que a simulação acontecesse de forma divertida e como fonte de aprendizagem.

ASCOM – Como se deu a tramitação dos 78 projetos elaborados pelos jovens parlamentares? Algum projeto se tornará lei?
ALÉXIA - Os projetos aprovados nas comissões ficaram disponíveis para os deputados no banco de dados da câmara, se caso algum parlamentar se interessar por alguma parlamento jovem 7proposta dos jovens, eles podem protocolar levar a trâmite na comissão/plenário.
Já os projetos que foram aprovados na plenária final, eles irão ser encaminhados diretamente para o Senado Federal.
Os dois projetos escolhidos foram:
Autor: Deputado Jovem Yago Pessoa Lima/MG
Proposta: PEC( Proposta de emenda à constituição)
Ementa: “Revoga o inciso XXIV do Artigo 22 da Constituição Federal, e institui o Fórum Nacional da Educação.”

Autora: Deputada Jovem Mariane Silverio/PR
Ementa: “O projeto inclui no Art. 154-C ao Decreto-Lei n° 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, como crime a inviolabilidade dos segredos o ato de violação íntima da vítima, quando o agressor faz uso do compartilhamento de conteúdo pornográfico ou de sexo explicito, sem o consentimento do padecente.”

parlamento jovem 9ASCOM - O seu projeto de lei propõe arborização próximo a indústrias responsáveis pela maior parte de emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. A proposta foi bem recebida?
ALÉXIA - A proposta foi elogiada por colegas e aprovada por unanimidade.

ASCOM - Você já havia feito algum trabalho, nos moldes de um projeto de lei? Como surgiu esse interesse pelo parlamento jovem?
ALÉXIA - O interesse no saber legislativo nasceu a partir de uma atividade desenvolvida em sala de aula pelo professor Alysson Rocha, professor da disciplina de sociologia quando eu cursava o 1° ano do EM. No ano seguinte, o professor comunicou em sala de aula que haveria uma reunião para tratar sobre um programa de simulação parlamentar. Antes de saber do programa, eu já tinha produzido a ideia do PL, apenas após a inscrição desenvolvi os artigos, fortaleci melhor a proposta e o adequei às técnicas legislativas.

ASCOM - A experiência na Câmara dos Deputados abre caminho para a participação cidadã?
ALÉXIA - Sim, quando a semana em Brasília se encerra, os jovens saem com uma maior vontade de continuar a serem protagonistas ou se tornarem protagonistas jovens. É aí nesse ponto, onde se apresenta o quão importante foi essa experiência para nós jovens. O PJB permite que tenhamos uma visão mais crítica da situação.

ASCOM - O que uma jovem parlamentar tem a nos dizer sobre o futuro do Brasil? Que tipo de político deve ser eleito?
ALÉXIA – Precisamos ir em busca de representantes novos, mas não representantes que são o velho mascarado com o novo. Precisamos de representantes que tragam soluções para os nossos problemas, que saibam ouvir seus eleitores e, acima de tudo, representem os interesses da maioria da população.

parlamento jovem 1ASCOM – Você vê crescer no Brasil um movimento de protagonismo e participação dos jovens?
ALÉXIA - Através de programas juvenis como PJB (Parlameno Jovem Brasileiro), PJM (Parlamento Jovem do Mercosul, JS (Jovem Senador), uma rede de jovens se conecta, e isso fortalece o protagonismo. Resultado desse engajamento jovem é o movimento ImagineSUS; este movimento é fruto do PJB, é formado por 6 componentes, e um dos criadores desse movimento revolucionário é a representante de SE no PJB no ano de 2016, Giulia Pardo.

ASCOM - Você continua no processo de articulação, já que seu mandato só termina em 2018? Quais são seus planos a partir de agora?
ALÉXIA – Com a experiência adquirida e com a vontade de lutar ainda mais fortalecida, pretendo desenvolver ações de incentivo aos jovens a se tornarem protagonistas em suas comunidades, na sua escola, a serem protagonistas na vida. Além disso, pretendo me engajar em movimentos e causas que beneficiem a população como um todo.

parlamento jovem 4ASCOM - Qual a mensagem que você deixa para os jovens que querem participar do programa?
ALÉXIA - Sem dúvidas será a melhor a experiência da sua juventude! A semana parlamentar fortalece a sua cidadania, possibilita uma visão completamente diferente da política que somos acostumados a ver e ouvir todos os dias, o que te torna um cidadão crítico e questionador. JOVEM, PARTICIPE!

Veja também

Fala de Aléxia na Comissão de Agricultura e Meio Ambiente
http://bit.ly/2kWPCge

Atuação da aluna na presidência da mesa
http://bit.ly/2zgAc8S

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página