Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Projeto Reitoria Itinerante é lançado no Campus Lagarto
Início do conteúdo da página

Projeto Reitoria Itinerante é lançado no Campus Lagarto

Criado: Terça, 10 de Janeiro de 2017, 15h14 | Publicado: Terça, 17 de Abril de 2012, 09h04 | Última atualização em Terça, 10 de Janeiro de 2017, 15h14

No dia 10 de abril, a comunidade acadêmica do Instituto Federal de Sergipe (IFS) - Campus Lagarto recebeu a primeira edição do projeto Reitoria Itinerante. Com o objetivo de aproximar a Reitoria dos alunos e servidores dos campi, esteve presente na ocasião o reitor Ailton Ribeiro de Oliveira, acompanhado pelos professores Ruth Sales (Propex), Adelmo Menezes (Proen), Sérgio Maurício (Progep), Alberto Aciole (Prodin) e Maria Eliane Vargas (Diae).

Antes de ouvir as demandas da comunidade acadêmica, o reitor fez questão de dar as boas-vindas aos alunos recém-chegados na instituição. “Vocês estão ingressando em uma instituição pública que oferece educação de qualidade há mais de 100 anos. Sejam muito bem-vindos”, diz.

Na oportunidade, o professor Ailton ressaltou a importância do projeto Reitoria Itinerante. “É necessário que estejamos cada vez mais próximos da nossa comunidade acadêmica, por isso criamos alguns mecanismos para promover essa aproximação. Um deles é a ouvidoria, disponível em nosso site para receber sugestões, elogios e críticas. E agora criamos esse projeto, com um calendário que prevê a nossa presença de maneira oficial em cada campus do IFS duas vezes por ano, além, é claro, de outras visitas de rotina e a convite”, afirma.

Demandas

Ele declarou também que é interesse da Reitoria saber das necessidades e reivindicações dos alunos e servidores. “Queremos estabelecer um diálogo aberto com vocês. Estamos trabalhando para oferecer o melhor em educação pública no IFS. A contratação de 61 professores efetivos é resultado da apresentação de demandas pelos campi. O nosso projeto é que não falte nenhum docente em sala de aula”, assinala.

O reitor falou, ainda, dos avanços obtidos na atual gestão. “Em um ano e meio, foram comprados cerca de R$ 500 mil em livros, além de veículos novos, equipamentos para os laboratórios, climatização das salas de aula, disponibilização de bolsas de pesquisa e extensão e diversos auxílios através da Assistência Estudantil”, declara.

Segundo ele, uma das prioridades da atual gestão do IFS, demanda inclusive da presidente Dilma Rousseff, é a busca incessante por intercâmbio internacional. “Esse foi o principal motivo da minha missão na China e na Coreia do Sul, fui a esses países pleitear oportunidades de intercâmbio para a nossa comunidade acadêmica. Além disso, estamos estimulando a participação dos nossos alunos e servidores no programa Ciência sem Fronteiras e promovendo cursos de aperfeiçoamento em inglês no IFS”, enfatiza.

Também presente na ocasião, o diretor geral do Campus Lagarto, Marinaldo Medeiros, parabenizou a Reitoria pela iniciativa de promover a Reitoria Itinerante. “É muito importante que o reitor e sua equipe façam visitas aos campi, para que tenham esse momento de diálogo com nossos servidores e alunos. Aproveito para agradecer também pela recente contratação de 24 professores para suprir a demanda do nosso campus”, conta.

Questionamentos

Logo após a abertura do evento, foi iniciada a resposta aos questionamentos feitos pela comunidade acadêmica presente. Questionado sobre o não-funcionamento do refeitório do campus, o reitor afirmou que essa é uma atribuição da administração do campus, com o auxílio da Reitoria. “Apesar disso, sabemos da dificuldade de alguns diretores de campus nesse processo, principalmente por questões jurídicas. Então, estamos buscando uma solução coletiva para resolver essa questão nos nossos campi”, explica.

Outro questionamento apresentado por um aluno foi a respeito da possibilidade de ampliação dos auxílios de 10 para 12 meses. Presente no evento, a professora Maria Eliane Vargas, diretora de Assistência Estudantil, afirmou que não há como justificar ao Ministério Público o oferecimento de auxílios durante o período de férias dos alunos. “Estamos estudando uma forma de manter, no período de recesso escolar, o auxílio moradia para alunos dos cursos superiores. É importante ressaltar que só podemos fazer aquilo que for permitido por lei”, esclarece.

Questionada por uma aluna a respeito do Programa de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti), a professora Ruth Sales, pró-reitora de Pesquisa e Extensão, explicou porque apenas o curso de Química do Campus Aracaju foi contemplado. “Só eles inscreveram projetos. De qualquer forma, para tentar ampliar o número de bolsas oferecidas, solicitamos aos coordenadores dos cursos de Matemática e de Física que inscrevessem um subprojeto para possibilitar o recebimento de bolsas de iniciação científica por alguns alunos desses cursos”, conta.

Contratação

Um dos alunos presentes no evento apresentou uma demanda de técnico para o laboratório de Física, que foi respondida prontamente pelo professor Sérgio Maurício, pró-reitor de Gestão de Pessoas. “Recebemos essa e outras demandas, que foram encaminhadas ao Ministério da Educação [MEC], mas a portaria que autoriza novas contratações ainda não foi publicada. Além disso, fomos informados pelo MEC que não há mais códigos de vagas para determinados cargos”, explica.

Complementando a informação fornecida pelo pró-reitor, o professor Ailton ressaltou que o quantitativo de técnicos administrativos não é determinado pela administração. “Nesse caso, é preciso que o Governo Federal autorize a liberação dos códigos de vagas. Mas já há um projeto de lei, ainda em votação, que sugere a ampliação do número de técnicos administrativos na esfera federal”, afirma.

A última participação discente durante o evento foi de uma aluna que parabenizou as ações da atual gestão, mas afirmou que ainda há muito a fazer. “Estamos trabalhando para realizar, em quatro anos de administração, tudo o que foi proposto por nossa equipe. Mas é importante lembrar também que foram empreendidas muitas ações que não estavam previstas no início da gestão”, diz o reitor.

Presenças

Também estiveram presentes no evento o diretor de Planejamento e Gestão, Ademir Silva, a gerente de Ensino do Campus Lagarto, Josefa Gilvânia Barbosa, o gerente de Desenvolvimento Institucional, José Rudival Alves, o gerente de Administração, Raimundo Conceição, além de outros professores e técnicos administrativos do campus.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página