Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Com a participação de multinacionais, evento busca estreitar laços com mercado
Início do conteúdo da página
INTEGRAÇÃO

Com a participação de multinacionais, evento busca estreitar laços com mercado

Escrito por CESAR DE OLIVEIRA SANTOS | Publicado: Terça, 31 de Julho de 2018, 09h22

01 PúblicoOcorrido de 25 a 27 de julho, evento foi palco de palestras de diversas empresas, a exemplo da multinacional General Eletric

A atuação do profissional técnico no mercado de trabalho é uma das grandes interrogações dos estudantes que optam por cursos profissionalizantes. Potenciais áreas de empregabilidade, quais setores do mercado mais absorvem as respectivas carreiras, tudo isso é um tanto confuso para aqueles que estão se capacitando para exercer profissões ligadas às áreas técnicas. Pensando nisso, o Instituto Federal de Sergipe - Campus Lagarto destinou à II Jornada de Eletromecânica o tema “A atuação do profissional técnico no mercado de trabalho”. O evento aconteceu de 25 a 27 de julho e foi marcado por um amplo diálogo do Instituto Federal de Sergipe com empresas do setor produtivo.

02 Marco Menezes Gerente Setorial da PetrobrásDurante o evento, palestraram, por exemplo, representantes da Petrobrás e do grupo Maratá, abordando a rotina do técnico em eletromecânica nas respectivas instituições e como ele pode transitar entre diferentes setores dentro do processo de produção, já que, via de regra, quem se forma na área precisa optar entre o campo da mecânica ou da eletricidade. A jornada também contou com a presença de gerentes das Centrais Elétricas de Sergipe (Celse) e da General Eletric (GE), empresas responsáveis pela implantação da Porto Sergipe I, usina termelétrica que está sendo construída na Barra dos Coqueiros e será um marco no setor energético do país. O início das operações da usina tem previsão para janeiro de 2020 e, de acordo com Adriano Cesário, Gerente de Projetos da GE, quando em pleno funcionamento, a termoelétrica terá 80% de seu quadro funcional composto por profissionais das áreas técnicas ou engenharias.

05 Michael apresentando a equipe Baja do IFSPara o professor Luam de Oliveira, um dos organizadores do evento, a palestra do representante de uma multinacional como a GE demonstra que o objetivo da jornada foi alcançado. “O evento foi pensado pelos professores do curso de eletromecânica para dar aos alunos do IFS, mais especificamente do Campus Lagarto, a oportunidade de se aproximarem do mercado de trabalho. As palestras com gerentes de diferentes grupos empresariais, a bancada da Ultragaz na Mostra Tecnológica e a solicitação de currículos de alunos pela Maratá após o evento só reforçam que nosso objetivo inicial foi alcançado”, afirmou o docente.

A programação do último dia de jornada teve minicursos e uma mostra tecnológica, a qual trouxe para o Campus Lagarto o carro produzido por alunos da Universidade Federal de Sergipe para o Projeto Baja. A propósito, o IFS - Campus Lagarto também está com uma equipe visando à participação na próxima edição do Programa Baja SAE Brasil. O estudante Michael Santana, do curso de Engenharia Elétrica do IFS - Campus Lagarto, faz parte da equipe e afirma que o projeto vem sendo extremamente significativo para a sua formação. “O projeto Baja, como nenhum outro, dá aos alunos a chance de pôr em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, além de promover uma maior afinidade com o mercado de trabalho através de aspectos como o relacionamento interpessoal e o trabalho em equipe, pontos essenciais para nossa formação, como essa Jornada de Eletromecânica deixou claro”, destacou o aluno.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página