Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Estância > Encontro pedagógico do Campus Estância discute práticas integrativas
Início do conteúdo da página
ENSINO

Encontro pedagógico do Campus Estância discute práticas integrativas

Escrito por CAROLE FERREIRA DA CRUZ | Publicado: Sexta, 24 de Janeiro de 2020, 11h13

CARTAZ JORNADA 2020Evento ocorre de 29 a 31 de janeiro e promove o intercâmbio de experiências entre o IFS e a UFS - Campus Lagarto

Práticas integrativas em foco é o tema do Encontro Pedagógico 2020.1 realizado pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Estância. O evento ocorre de 29 a 31 de janeiro e traz como diferencial o intercâmbio de conhecimentos e experiências entre o IFS e a Universidade Federal de Sergipe (UFS) – Campus Lagarto, que conta com um bem-sucedido projeto integrador das disciplinas.

O objetivo deste edição é oportunizar aos professores e servidores do quadro técnico-administrativo um espaço de discussão e aprofundamento que possa suscitar reflexões capazes de transformar o fazer pedagógico na perspectiva da integração e da inclusão. Desde 2018 o Campus Estância vem mobilizando esforços para integrar o currículo e o Projeto Pedagógico de Curso (PPC), numa abordagem interdisciplinar.

Segundo a diretora do campus, Sônia Pinto de Albuquerque Melo, a meta da gestão é fazer com que os estudantes atribuam sentido e compreendam o que estão aprendendo, de modo a estabelecer conexões e associações com os conteúdos das diversas disciplinas e com as suas realidades cotidianas. “Já existem projetos integradores produzidos por docentes, mas nossa meta é que essas ações deixem de ser pontuais para tornarem-se correntes e efetivas”, informou.

A diretora ressalta que o encontro pedagógico é um momento de fundamental importância para pensar e planejar conjuntamente práticas e iniciativas que melhorem a oferta do ensino. “A cada ano fazemos uma avaliação do evento e são perceptíveis os avanços alcançados: amadurecemos processos, produzimos reflexões, aprimoramos nossas práticas, refazemos trajetos e respiramos educação de qualidade”, destacou.

Programação

O encontro será aberto no próximo dia 29 com o minicurso Metodologias ativas de ensino-aprendizagem: experiências da UFS - Lagarto, ministrado no Laboratório de Habilidades e Atitudes em Saúde pela professora Simone Yurico Kameo. Na ocasião, os professores e a equipe pedagógica do IFS terão a oportunidade de conhecer in loco e vivenciar na prática o funcionamento de um projeto integrador exitoso.

PROGRAMACAO O dia 30 começará com um café da manhã de confraternização nas dependências do campus, seguido da apresentação da Direção Geral e da Gerência de Ensino e da mesa redonda Experiências de integração, que será conduzida pelos professores Jocelaine Oliveira dos Santos, Jamille Silva Madureira e Roberto da Silva Macena.

Logo após será realizado o debate Aproximação entre as experiências do IFS e da UFS – Lagarto, coordenado pela pedagoga Shirleyde Dias Nascimento. A programação se encerra com a mostra de materiais pedagógicos inclusivos, sob a coordenação da equipe do Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Específicas (Napne), e a oficina Metodologias Inclusivas, facilitada pelo professor Anthoniberg Carvalho de Matos.

O encerramento, no dia 31, contará com informes úteis para o bom andamento das atividades do campus. Na ocasião, serão apresentados os projetos de 2020 da Coordenação de Pesquisa e Extensão (Copex), comandada pelo professor Tiago Cordeiro de Oliveira, e o planejamento do Sábados Letivos, sob a coordenação das professoras Maria Simone Morais Soares e Lúcia Helena Aires Martins. Em seguida, serão repassados os informativos da Coordenação de Controle Discente e Docente (CCDD) e das coordenações de curso. Por fim, a servidora Cyndi Moura Guimarães de Oliveira apresentará o planejamento dos eventos de 2020.

Ano passado

A proposta integrada começou a se delinear ainda em 2018 com as primeiras discussões sobre o perfil dos cursos e as possibilidades de integração a partir das ementas individuais. Ano passado o processo avançou, quando foram promovidas oficinas para a elaboração de projetos integradores com a ampla participação dos coordenadores de curso e a contribuição de docentes, que ajudaram a aprimorar as propostas apresentadas.

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página