Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Socorro > Audiência Pública discute expansão do ensino técnico e tecnológico
Início do conteúdo da página
CÂMARA DOS DEPUTADOS

Audiência Pública discute expansão do ensino técnico e tecnológico

Escrito por PABLO BOAVENTURA SALES PAIXAO | Publicado: Terça, 28 de Novembro de 2017, 15h09

Audiencia BSB 800 600 O diretor geral do Campus Socorro, representando o reitor do IFS, participou das discussões na Subcomissão Especial 

O diretor geral do Campus Socorro, Alberto Aciole Bomfim, na ocasião representando o reitor do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Ailton Ribeiro de Oliveira, participa nesta terça-feira, 28, na Câmara dos Deputados, em Brasília, de uma Audiência Pública na Subcomissão Especial para tratar da situação dos campi fora das sedes das universidades federais e dos institutos federais. O encontro conta com a participação dos reitores e diretores dos campi dos institutos e universidades federais, destinando-se a promover um amplo debate acerca da necessidade da continuidade da expansão da rede federal de educação.

Alberto Aciole fez uso da palavra para apresentar a situação dos campi e reitoria do IFS. Ressaltou a necessidade do governo federal dar Audiencia BSB 3 800 600prosseguimento ao processo de expansão dos campi, como garantia da ampliação da oferta de cursos gratuitos e com comprovada qualidade para a população sergipana. “Estou aqui em nome do nosso magnífico reitor para apresentar para os senhores deputados os importantes resultados advindos dos nossos campi. Nos últimos anos o IFS tem ampliado consideravelmente a oferta de cursos técnicos e de nível superior para os jovens do nosso estado. Podemos afirmar que o IFS é um importante polo de inovação tecnológico, por meio da produção de conhecimento voltado à promoção de melhores condições sociais para as futuras gerações de Sergipe”, disse o diretor do Campus Socorro.

O representante do IFS também destacou que os campi que foram ou estão sendo construídos no processo de expansão da educação profissional devem ser concluídos. “O governo federal necessita promover concurso para docentes e técnicos administrativos, a fim de garantir a oferta e conclusão dos cursos ofertados no IFS. No entanto, os recursos necessitam ser liberados em tempo de garantir a sua aplicação no decorrer do ano, sem prejuízos para o ensino dos nossos estudantes”, finalizou o represante do IFS.

O deputado sergipano João Daniel enfatizou a necessidade da liberação de recursos para o campus do sertão, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), e para a construção do Campus Poço Redondo, do IFS. O parlamentar fez uma importante defesa da educação pública proporcionada pelo IFS e UFS para os estudantes sergipanos.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página