Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Aracaju > Governo e IFS realizam formatura do “Mulheres Mil”
Início do conteúdo da página

Governo e IFS realizam formatura do “Mulheres Mil”

Criado: Quinta, 12 de Janeiro de 2017, 10h47 | Publicado: Segunda, 07 de Outubro de 2013, 12h04 | Última atualização em Quinta, 12 de Janeiro de 2017, 10h47
mulheres mil - foto Edinah Mary - inclusão 9Mulheres em situação de vulnerabilidade social com acesso à educação profissional, ao emprego e renda. Com essa expectativa, foi realizada quinta-feira, 03, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS), Campus Aracaju,  a formatura do curso de Camareira do programa Mulheres Mil.

As formandas são moradoras do bairro Santa Maria, em Aracaju e o cursos aconteceu através de um convênio entre Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social e o IFS. A parceria tem prazo de dois anos e as responsabilidades do programa foram divididas entre ambas as partes. As aulas de camareira tiveram a duração de 10 meses com duas aulas semanais.

mulheres mil - foto Edinah Mary - inclusão 3A iniciativa desenvolvida pelo IFS integra as ações do programa Brasil Sem Miséria, articulado com a meta de erradicação da pobreza extrema, estabelecida pelo Governo Federal.

A representante da Seides, a chefe de gabinete, Ivaneide Nascimento, representou a secretária de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino na solenidade. "O Governo do Estado sempre será parceiro de instituições que visem a inclusão e o desenvolvimento da população sergipana. Em nome da secretária Eliane Aquino, parabenizo a todas as alunas e desejo muito sucesso na carreira de vocês".

mulheres mil - foto Edinah Mary - inclusão 15A gestora estadual do Mulheres Mil, Nara Vieira, representou o reitor do IFS, Ailton Ribeiro de Oliveira. Emocionada, a gestora parabenizou o empenho das alunas. "O Mulheres Mil é apenas uma porta de entrada para novas oportunidades. Continuem estudando e valorizando a profissão de camareira. Demos o empoderamento a cada uma das alunas para que possam tomar atitude de procurar bons empregos e crescer cada dia mais".
 

mulheres mil - foto Edinah Mary - inclusão 1O Mulheres Mil atua também em consonância com o Plano Sergipe Mais Justo, desenvolvido pelo Governo de Sergipe com vistas à inclusão social e produtiva das pessoas que vivem nessas condições.

Para a formanda Maria Lima Barros, de 43 anos, o curso serviu para sua valorização profissional. "Sempre trabalhei como diarista, mas nunca fiz um curso para isso. A vida que me ensinou. Hoje posso dizer que tenho uma qualificação profissional, um aprendizado que nunca vou esquecer. Esse curso levantou minha autoestima e me fez acreditar no meu potencial".
 
mulheres mil - foto Edinah Mary - inclusão 2A satisfação não foi diferente para Maria Erica dos Santos, de 32 anos. "Dias antes de concluir o curso, comecei a distribuir currículo nos hotéis e pousadas de Aracaju, já pensando em conseguir um emprego. Tenho certeza que conseguirei vencer na vida, principalmente depois dessa capacitação no curso de camareira".

Responsabilidades

A Secretaria ficou responsável pela implementação de ações de apoio logístico no sentido de possibilitar o deslocamento das alunas e a disponibilização de utensílios para fardamento, que foram utilizados para identificação das mulheres durante a capacitação.

mulheres mil - foto Edinah Mary - inclusão 16Já o IFS - Campus Aracaju – ficou responsável pela elaboração do plano de curso de Formação Inicial e Continuada (FIC); cessão de espaço físico e professores para promoção da capacitação; expedição de certificados; e orientação das mulheres formadas pelo curso no sentido de dar continuidade à elevação da sua escolaridade.
 
 
 
Fonte: Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social
Fotos: Edinah Mary
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página