Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > História do ensino profissional em Sergipe é apresentada em exposição
Início do conteúdo da página
MEMORIAL

História do ensino profissional em Sergipe é apresentada em exposição

Criado: Segunda, 27 de Maio de 2019, 18h03 | Publicado: Segunda, 27 de Maio de 2019, 18h03 | Última atualização em Segunda, 27 de Maio de 2019, 18h03

Segunda edição da ‘Escola ontem, IFS hoje’ contou com a apresentação de relatos de ex-alunos, além da demonstração de objetos que relembram a trajetória da instituição


Memorial 1Trabalhar o fortalecimento da identidade dos alunos e servidores enquanto parte da instituição é um dos objetivos da segunda edição da exposição “Escola ontem, IFS hoje: a educação profissional transformando vidas”. O evento, que ocorreu nos dias 23 e 24 de maio no Campus Aracaju, contou a evolução do ensino profissional federal em Sergipe desde 1909 até os dias atuais por meio relatos de pessoas que fizeram parte da instituição, além da exposição de objetos históricos e de fotografias. 

Memorial 2De acordo com Manuela do Nascimento Silva, coordenadora geral de Protocolo e Arquivo (CGPA), a exposição foi um sucesso porque conseguiu reunir dezenas de alunos para as palestras e que participaram da exposição. “Muitos discentes do IFS participaram com perguntas, observando os objetos expostos, lendo as matérias antigas sobre a instituição. Além disso, recebemos 37 estudantes da Escola Municipal Presidente Vargas que se interessaram pelo que viram e manifestaram vontade de estudar no instituto”, comemora a coordenadora.

Memorial 3Isadora Souza, aluna do primeiro ano do curso técnico integrado em Química, relata que ficou intrigada com a preservação do material apresentado e imaginou a época em que a mãe e a tia dela estudaram na instituição. “Apesar de ter entrado no IFS inicialmente por insistência da minha família, passei a amar essa escola pois aqui temos uma formação muito além da que é passada em sala de aula. Entender um pouco dessa história é relevante para que nós, alunos, possamos entender como originou o ambiente onde estamos hoje”, explica Isadora.

Programação

Memorial 4Fez parte do evento uma apresentação, por parte da arquivista Dulce Elizabeth Lima de Sousa, de uma pesquisa produzida pelo professor Amâncio Cardoso dos Santos Neto sobre a Escola de Aprendizes Artífices de Sergipe (1911-1942), instituída pelo decreto n. 7.566 de 23 de setembro de 1909, pelo então presidente Nilo Peçanha (1867-1924), sob o tema: ‘Construção histórica da antiga Escola de Aprendizes Artífices até a ifetização’ (1909 a 2008).

Houve ainda a palestra ‘O caminhar da história do antigo Patronato São Maurício até a ifetização’ (1924 a 2008), proferida pelo professor Alberto Aciole Bomfim, sobre uma das fases da antiga Escola Agrotécnica Federal de São Cristóvão, em Sergipe. Além disso dois ex-alunos da instituição apresentaram seus depoimentos, sendo eles o professor e radialista Jairo alves estudou na Escola Industrial de Aracaju entre 1962 a 1964 e Almir Alves da Costa, que hoje é servidor do Campus São Cristóvão e estudou na antiga Escola Agrotécnica Federal de São Cristóvão entre 1987 a 1989.
Clique aqui para acessar a página do Memorial do IFS, com alguns documentos e fotografias históricas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página