Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Itabaiana > Evento recebe mães para apresentações de música, capoeira, dança e literatura
Início do conteúdo da página
CULTURA

Evento recebe mães para apresentações de música, capoeira, dança e literatura

Escrito por GERALDO BULHOES BITTENCOURT FILHO | Publicado: Sexta, 10 de Mai de 2019, 09h48

dentro 1Projeto iniciou em 2017 e estimula a participação dos alunos em experiências socioeducativas

No dia 12 de maio será comemorado o Dia das Mães. Em virtude da aproximação da data, o Instituto Federal de Sergipe – Campus Itabaiana trouxe as homenageadas do próximo domingo para uma tarde diferente: elas assistiram a apresentações de música, poesia, capoeira, dança e literatura que tiveram como protagonistas os seus próprios filhos. A iniciativa cultural que englobou as manifestações artísticas dos alunos faz parte do projeto RecitaIFS, que chega neste ano à sua terceira edição.

dentro 2Uma das mães que compareceu ao pátio do Campus Itabaiana para prestigiar a atuação dos alunos foi Ana Maria, que confessa não ter desviado a atenção um minuto sequer da apresentação da sua filha, que é estudante de um dos cursos integrados do IFS. “Gostei bastante do evento, foi tudo muito bonito. Me emocionei com todas as músicas e com o teatro. O IFS está de parabéns, sobretudo pelo que tem proporcionado para os nossos filhos”, revela a mãe.

O RecitaIFS é fruto de um projeto de extensão da Pró-reitoria de Pesquisa e Extensão (Propex) que tem Josilene Simões Carvalho como coordenadora. Ela explica que a intenção da proposta é unir conhecimento técnico e humanístico de maneira a incentivar os valores que contribuam, de forma efetiva, para a construção de uma educação integral e criativa. “Esse evento tem o intuito de contribuir para uma formação integral em que o enriquecimento intelectual e cultural da nossa comunidade ajude a desenvolver senso crítico, bem como desperte para novas experiências socioeducativas”, explica Josilene.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página