Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Governança de TI > Processos de TI
Início do conteúdo da página

Processos de TI

Escrito por RAFAEL OLIVA DE SOUSA | Publicado: Sexta, 16 de Dezembro de 2016, 16h31 | Última atualização em Quarta, 24 de Maio de 2017, 18h26

Informações sobre os Principais Macroprocessos de Tecnologia da Informação (Leis e Regulamentos Aplicáveis, Processos,Objetivo-geral, Fluxos e Templates)  

 

Macroprocesso A: PDTIC – Planejamento de Tecnologia da Informação e Comunicação

 

1.Leis e Regulamentos: Decreto-Lei 200/1967, Lei 10.180/2001, Instrução Normativa 4/2014 - SLTI/MP, Guia de PDTIC do SISP – versão 2.0, Acórdão nº 1.163/2008 - TCU - Plenário, Acórdão nº 2.308/2010 - TCU-Plenário, Acórdão nº 2.523/2012 - TCU - Plenário e Nota Técnica nº 07/2014 -Sefti/TCU.

 

2.Processo A1: Elaboração do PDTIC

Objetivo Geral: Construir o PDTIC em três etapas: Preparação (Definir Equipe, abrangência, metodologia, documentos de referência; e elaborar plano de Trabalho), Diagnóstico (Compreender a situação atual da TIC na organização para, em consonância com esse quadro, identificar as necessidades (problemas ou oportunidades) que se espera resolver) e Planejamento (Planejar o atendimento das necessidades, estabelecendo os planos e as ações adequados para o alcance dos objetivos esperados).

 Figura 01 Processo de Elaboração do PDTIC

Figura 01 – Processo de Elaboração do PDTIC

Fonte: Guia de Elaboração do PDTIC, versão 2.0, página 27.

 

3.Processo A2: Acompanhamento do PDTIC

 Objetivo Geral: Acompanhar o PDTIC ao longo de sua validade, realizando-se o monitoramento e a avaliação adequate, o que poderá refletir em sua revisão.

Figura 02 Processo de Elaboração do PDTIC

Figura 02 – Processo de Elaboração do PDTIC

Fonte: Guia de Elaboração do PDTIC, versão 2.0, página 72.

 

4.Fluxo dos Processos do Guia de PDTIC - SISP

 

5.Templates do Guia de PDTIC - SISP

 

 

Macroprocesso B: Modelo de Contratação de Soluções de TI

 

1.Leis e Regulamentos: Decreto 2.271/1997, Decreto 5.450/2005, Decreto 6.204/2007, Decreto 7.174/2010, Decreto 7.689/2012, Decreto 7.892/2013, Decreto 7.903/2013, Decreto 8.135/2013, Decreto 8.184/2014, Decreto 8.186/2014, Decreto 8.194/2014, IN SLTI/MP 02/2008, IN SLTI/MP 01/2010, IN SLTI/MP 04/2014, IN SLTI/MP 05/2014, IN SLTI/MP 06/2014, IN SLTI/MP 02/2015, Lei Complementar 123/2006, Lei 8.666/1993, Lei 10.520/2002, Portaria SLTI/MP 31/2010, Portaria SLTI/MP 86/2014, Portaria STI/MP 20/2016, Portaria STI/MP 40/2016 (PCTI), Manual de Boas Práticas em Contratações de Soluções de TI – versão 2.0; IN MP 03/2017

 

2.Processo B1: PCTI – Planejamento da Contratação de Soluções de TI

Objetivo Geral: Avaliar o Documento de Oficialização da Demanda, instituir Equipe de Planejamento da Contratação e elaborar Estudo Técnico Preliminar da Contratação, Análise de Riscos e Termo de Referência / Projeto Básico.

Figura 03 Planejamento da Contratação de Soluções de TI

Figura 03 – Planejamento da Contratação de Soluções de TI

Fonte: Guias de Boas Práticas em Contratações de Soluções de TI, versão 2.0, página 35.

 

3.Processo B2: SFTI – Seleção do Fornecedor de Soluções de TI

 Objetivo Geral: Tendo como base o Termo de Referência ou Projeto Básico realizar a Seleção do Fornecedor da Solução de TI. Etapa de responsabilidade da área de licitações cabendo a DTI, através do Integrante Técnico apoio em alguns processos.

 

Figura 04 Seleção do Fornecedor de Soluções de TI

 Figura 04 – Seleção do Fornecedor de Soluções de TI

Fonte: Guias de Boas Práticas em Contratações de Soluções de TI, versão 2.0, página 94.

 

4.Processo B3: GCTI – Gestão do Contrato de Solução de TI

 Objetivo Geral:Acompanhar e garantir a adequada prestação dos serviços e o fornecimento de bens que compõem a Solução de Tecnologia da Informação durante todo o período de execução do contrato.”

 

Figura 05 CGTI Nível Zero

Figura 05 – CGTI – Nível Zero

Fonte: Guias de Boas Práticas em Contratações de Soluções de TI, versão 2.0, página 94.

 

5.Fluxo dos Processos da IN 04/2014/SISP

 

6.Templates da IN 04/2014/SISP

 

 

Macroprocesso C: Gerenciamento de Projetos de TI

 

1.Leis e Regulamentos: Decreto 3.751/2001, Decreto 5.151/2004, Deliberação Nº 07/2017/CGTI/IFS - Aprova MGPTI versão 1.1, Metodologia de Gerenciamento de Projetos de TI - versão 1.1.

 

2.Processo C1: Iniciação

Objetivo Geral: São os processos realizados para definir um novo projeto, através da obtenção de autorização formal para iniciar o projeto.

 Figura 06 Processos de Iniciação

 Figura 06 – Processos de Iniciação

Fonte: Metodologia de Gerenciamento de Projetos de TI do IFS, versão 1.1, página 25.

 

3.Processo C2: Planejamento

 Objetivo Geral: São os processos realizados para planejar as ações do projeto a fim de alcançar os objetivos para o quais o projeto foi criado.

 Figura 07 Processos de Planejamento

Figura 07 – Processos de Planejamento

Fonte: Metodologia de Gerenciamento de Projetos de TI do IFS, versão 1.1, página 33.

 

4.Processo C3: Execução

Objetivo Geral: São os processos realizados para executar o trabalho definido no grupo de processos de planejamento para satisfazer as especificações.

 

Figura 08 Processos de Execução

Figura 08 – Processos de Execução

Fonte: Metodologia de Gerenciamento de Projetos de TI do IFS, versão 1.1, página 42.

 


5.Processo C4: Monitoramento e Controle

Objetivo Geral: São os processos realizados para observar a execução do projeto, de forma que possíveis problemas possam ser identificados no momento adequado e que possam ser tomadas ações preventivas e corretivas, quando necessário, para controlar a execução do projeto. O principal benefício deste grupo de processos é que o desempenho do projeto é observado e medido regularmente para identificar variações em relação ao plano de gerenciamento do projeto.

 

Figura 09 Processos de Monitoramento e Controle

 

Figura 09 – Processos de Monitoramento e Controle

Fonte: Metodologia de Gerenciamento de Projetos de TI do IFS, versão 1.1, página 46

 

6.Processo C5: Encerramento

Objetivo Geral: São os processos para finalizar todas as atividades de todos os grupos de processos, visando finalizar formalmente o projeto. Este grupo, quando terminado, verifica se os processos definidos estão encerrados dentro de todos os grupos de processos para encerrar o projeto.

 

Figura 10 Processos de Encerramento

Figura 10 – Processos de Encerramento

Fonte: Metodologia de Gerenciamento de Projetos de TI do IFS, versão 1.1, página 55.

 

Fluxos dos Processos:

Modelo de Contratações de TI - SISP

Guia de PDTIC - SISP

Guia do Comitê de TI - SISP

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página