Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias DIAE > Regulamentação do uso de nome social será debatida em fórum sobre diversidade
Início do conteúdo da página
INCLUSÃO

Regulamentação do uso de nome social será debatida em fórum sobre diversidade

Escrito por GERALDO BULHOES BITTENCOURT FILHO | Criado: Sexta, 17 de Novembro de 2017, 16h44 | Publicado: Sexta, 17 de Novembro de 2017, 16h44

forimPalestras e mesas redondas com militantes da causa LGBT compõem a programação do evento

O direito dos transexuais no ambiente acadêmico e a regulamentação do uso de nome social serão alguns dos temas debatidos no ‘I Fórum de Diversidade de Gênero’, evento que será realizado pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS) no próximo dia 28 de novembro no auditório do Anexo 2. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 24 através do site tanto por estudantes e servidores do IFS quanto pelo público externo.

O fórum contará com a participação de Adriana Lohanna, assistente social e pesquisadora na área de gênero e diversidade, Linda Brasil, ativista LGBT e integrante do Amosertrans, e Clécia Souza, estudante do curso de gestão de turismo do IFS. Além disso, o evento contará com contribuições dos profissionais da Diretoria de Assistência Estudantil (Diae), setor que está organizando o evento.

Diversidade de gênero é um dos assuntos mais discutidos nos últimos anos e, pela complexidade do tema, a tendência é a de que o debate se expanda ainda mais. O objetivo do fórum é esclarecer e conscientizar sobre a questão, especialmente, no ambiente institucional. A publicação, em 2016, do decreto 8.727 e a concessão do direito de uso de nome do social por outros institutos federais do país são balizadores da importância de abordar as questões que envolvem o universo do público trans.

DSC 1048Segundo Christianne Rocha Gomes, psicóloga e membro da comissão organizadora do evento, a discussão foi proposta para tratar do uso de nome social e abordar atitudes preconceituosas com relação às pessoas que o aderem. “Pretendemos dialogar com a comunidade escolar sobre a implantação e regularização do uso do nome social no IFS, assim como sobre o uso do banheiro por identidade de gênero, envolvendo a comunidade na construção dessa normativa e suscitando a consciência de cidadania e respeito ao próximo”, ressalta.

Christianne salientou ainda sobre a importância da participação da comunidade interna na construção do processo de normatização do uso de nome social. “Vamos abrir o debate e socializar o documento para que todos se envolvam na organização, mas a intenção maior é a de levar esclarecimento e orientação e romper com atitudes preconceituosas, dentro e fora da instituição”, esclarece.


Programação

8h – Credenciamento e coquetel de acolhimento

8h30 – Apresentação cultural (Grupo teatral do IFS - Campus Aracaju)

9h – Solenidade de abertura

9h30min – Mesa redonda: “Protagonismo trans: o direito das pessoas trans no ambiente acadêmico”.
Mediadora: Manu Rodrigues
Palestrantes: Adriana Lohanna, Linda Brasil e Clécia Souza

11h30 às 13h – Intervalo para almoço

13h – Apresentação da norma do uso do nome social.
Responsáveis:
Christianne Rocha (Psicóloga da Diae)
Caíque Jordan (Enfermeiro do Campus São Cristóvão)

14h30 – Debatendo a realidade do IFS

15h - Apreciação da norma pela comunidade acadêmica

16h – Encerramento

16h30– Coffee Break e atração musical (Banda Calangos)

Fim do conteúdo da página